quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Pra aproveitar ou se inspirar

Olha a promo do sofá na Westwing, minha genteeee! {Pra acessar tem que fazer um registro bem rapidinho, e é de graça.}Cada sofá mais lindo que o outro que chega deu vontade de dar fim ao meu... hahaha

Pia pra isso...



Esse é lindoooooo!

E esse aqui tu podes misturar as cores como quiseres... ousado, né?

Corre aqui se tu quiser aproveitar e trocar teu sofá. Corre que vai acabar ligeiro. ;)

Este post NÃO é um publieditorial. E essas fotos são todinhas de lá do site. E tem mais modelos... {esse site é mara pra comprar coisas de casa} ;)

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Toda segunda é dia de começar uma dieta...

Muita gente deixa pra começar alguma mudança no próprio cotidiano numa segunda-feira, né vero? E uma das mudanças mais comuns é a tal da dieta... Pois bem. Pra quem vive nessa vibe {e tb pra todos os outros} sugiro que aproveitem as dicas do novo "Guia alimentar para a população brasileira", lançado semana passada pelo Ministério da Saúde.


Ele mostra, numa linguagem simples, o que nós brasileiros devemos inserir em nossa dieta para termos uma vida mais saudável e adequada à nossa realidade. O principal foco da elaboração e divulgação ampla dele é a promoção à saúde e a prevenção de doenças. E a principal recomendação do guia é:

os "alimentos e in natura ou minimamente processados, em grande variedade e predominantemente de origem vegetal," devem ser a BASE da alimentação.

Quem não tiver saco de folhear o Guia, sugiro assistirem esse vídeo aí ó:


Adoro e recomendo demais esse canal: Do campo à mesa.

Portanto, people, consultem e divulguem-o a quem puder. ;)

sábado, 8 de novembro de 2014

Hoje é dia de trocar os panos de prato...

Tô na vibe de ser "dona de casa" há pouco mais de dois anos e sempre surgem trocentas dúvidas quanto à limpeza, organização e um monte de outras coisas pequenas que nunca imaginei que teria de me preocupar. Algumas de vocês podem até me achar paranoica, mas eu parei pra fazer uma breve pesquisa (na web mesmo) sobre de quanto em quanto tempo precisamos trocar os panos de prato, mão e pia que usamos na cozinha. Saquem só o que concluí:

Sobre TROCAR: dizem por aí que é bom trocar duas vezes por semana, no mínimo. Eu troco duas: toda terça e sábado (um alarme me ajuda a lembrar pq sou a criatura mais esquecida que existe). Mas li gente comentando que troca três vezes, dia sim e dia não... Bem, acho que duas já tá de boa. Agora é bom não deixar ele entrouxado no balcão, né?! Deixem ele penduradinho pra dar aque-quela secadjinha.. ;)

Sobre LAVAR: sempre que troco, ponho logo os panos de molho na água com sabão em pó e um pouco de água sanitária (quando sei que o pano não desbotará, quando ele é coloridinho ponho um alvejante sem cloro) num balde reservado só pra esse destino, e esse foi o procedimento mais comum que encontrei na minha pesquisa. Mas vi umas indicações interessantes, tais como passar a ferro nos paninhos lavados (eu não faço isso) e por o pano molhado (só com água) no microondas por 30 segundos toda noite {quem faz isso gentchiii?!}. Sobre lavar na máquina, eu não lavo... tenho um certo nojinho. =/

Pronto, depois de lavadinho eu ponho pra pendurar bem esticadinho e eles secam rapidinho. Deixo de molho de um dia pro outro pra garantir alguma coisa, não sei bem o que é mas pra mim garante... hahaha...

Sobre SEPARAR: achei outra dica interessante, aqui: a de separar os de mão, prato e pia. O da pia a gente já separa mesmo, né? Não tem como misturar.. {não tá camulesta}. Já o de prato e mão a gente pode confundir. Daí, a dica que encontrei seria de bordar o nome no pano, assim ó:

Fisguei essa foto lá do Enfim casada.. 
Achei lindooo, ótchimo! Mas quando fui olhar pros meus panos nem todos iam ficar legias uns bordados pq eles são quase todos estampados. Daí fiz o seguinte: mentalmente {ainda não disse isso pra meu marido, preciso dizer e cobrar dele!} separei os que fosse tipo toalha, {felpudo mermo} vai ser de mão e os que não fosse de prato.


Deu pra perceber a diferença?

Para as mãos, tem gente que usa um tal de bate-mão, tipo esse aí:


Comprei dia desses pra experimentar e gostei muito, tô usando eles e a toalha, mas preciso aumentar meu "estoque" pra ficar reversando direitinho. Achei legal usar pq uso esses ganchinhos pra pendurar na cozinha e facilita muito.. não preciso cometer o crime de deixar o pano nos ombros.. e falando nisso, pelamordejeovágirê, evitem fazer isso pq tu vai suar na cozinha e vai passar pro pano, aí tu já viu a proliferação de bactérias, né? =P

Bem, gentchi... espero ter ajudado de alguma forma. Tomar os devidos cuidados com esses paninhos é super importante pra saúde da gente. Acho até que com tudo isso vou aumentar a quantidade de trocas por semana de duas pra três vezes... vou mimbora trocar pq hoje é dia de trocar os panos de prato. =)

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Hatsune Miku: a cantora que não existe...

...pra tu tocar ela não existe, mas a danada lota estádio. Sério. Tô falando de uma cantora sintetizador de voz criado por uma companhia japonesa que virou estrela lá do outro lado do nosso Braseeel.
Ouvi falar dessa moça no programa Lugar Incomum apresentado pela Didi, no MultiShow, {programa massa, por sinal} e fiquei super curiosa e nostálgica quando ela mostrou a bonequinha da Miku...

Boneca da Hatsune Miku

A curiosidade: o que danado essa criatura tem pra levar um mói de gente pra uma casa de show, prum estádio, seja lá pra onde for? Vou ouvir... quer ouvir?


Minha genteeee, banda PHOda! A voz dela é que é um pouquinho... assim, meio que irritante, né? Mas só a banda já faria eu levantar a bunda do meu sofá pra ver um show dele.. dela... Ah! Sei lá! =P

E a nostalgia foi pq ela me lembrou taaantooo a Sailor Moon!!!! Elas nem se parecem tanto, é vero. Mas ai que saudade da Sailor Moon... eu chegava todo dia da escola e corria pra Manchete {eita que velha!} pra ver a Sailor Moon... ai que saudade, jesui! :)

Miku e Moon

Agora vou procurar um episódio da Sailor Moon pra assistir... bjo! :)

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Hope, by Gisele Bündchen

Não sei vocês, mas eu a-do-ro uma lingerie nova! Qual a mulher que não gosta, né?! ;)
Tenho minhas marcas favoritas, puramente pela qualidade {compro pra experimentar, se prestar compro novamente e indico, se não prestar não compro nunca mais e digo aos quatro ventos o quanto me dei mal.. #SouDessas}. Sério. E uma de minhas favoritas é a Hope. As peças não são muito baratas, mas valem CADA centavo... Indico demais!

Aí... me vem a Hope lançar uma linha com a Bündchen, a Gisele Bündchen Intimates...
Genteeeeee, cada coleção é mais linda que a outra... cês já viram? Só tô compartilhando com vocês pq já experimentei umas peças e amei! Além de vestirem super bem, são bastante confortáveis {e olhe que experimentei peças de renda..}

Vou falar muito não. Babemos por essas peças com algumas fotos de divulgação da própria marca... Por esses dias foram lançadas essas três primeiras coleções, as outras são as que mais me simpatizei. ;)

Coleção Celebration

Coleção Kiss Me

Coleção Pandora

Coleção Boudoir

Coleção Rococó

Coleção Gold

Coleção Princess
Vai, menina! Corre pra conhecer essas belezuras... e sempre tem um OFF de umas peças interessantes. ;)

E este NÃO é um publieditorial. :)

domingo, 2 de novembro de 2014

Aventuras na cozinha #2

Minha genteee, fiquei tão satisfeita com o almoço que fiz hoje que senti a necessidade de compartilhar. Não deu pra tirar foto do prato bonitinho pq quando lembrei ele já tava todo bagunçado, mas separei minha marmita pro almoço de amanhã e tirei as fotchenhas procês terem uma referência. Odeio seguir receita sem foto. ;)

SALADA DE SALMÃO
Tinha um pedaço de salmão cozido na geladeira, não fiz nada de mais: cortei 1 tomate, 1/4 de cebola, um tico de coentro. Misturei tudo e adicionei vinagre e azeite (à gosto).

Salada de salmão
FAROFA DE BANANA
People, pelamordejeová, essa farofa de banana é uma delíciaaaa! Vi o Rodrigo Hilbert fazendo uma farofa de banana da terra (esse tipo de banana é a nossa banana comprida?) no Tempero de Família da GNT e me perguntei: "Pq danado nunca tinha pensado em fazer uma farofa de banana?!". A primeira vez que fiz foi com banana prata, afinal eu ainda nem sei que danada de banana da terra é essa, e ficou muito boa... Mas hoje fiz com banana comprida, ficou muuuuiiiitoooo melhor! Mas muito melhor! A banana comprida fica bem durinha, foi ótchemo! ;)
Fiz assim ó: piquei 1/2 cebola e joguei ela na assadeira com margarina e tampei a assadeira enquanto eu descascava duas bananas compridas. Cortei as duas bananas no meio e depois piquei elas.. ficaram uma meia-lua. Joguei elas na assadeira com a cebola e a margarina e tampei. Não sei por quanto tempo elas ficaram fritando.. no meio da fritura ela ficou meio seca e pus um pouco mais de margarina. Quando alguns pedaços da banana começaram a ficar meio queimadinhos pus a farinha. Mas foi pouca farinha, pois queria que ficasse mais banana que farinha. Misturei bem (ainda com o fogo ligado) e prontis! Deixei a assadeira destampada com medo da banana amolecer... não sei se isso poderia acontecer, mas deixei sem a tampa e não amoleceu.. hahaha

Farofa de banana
PENNE e REPOLHO REFOGADO
O repolho ia servir cru mesmo com um molhinho, como faço de vez em quando, mas resolvi dar uma refogada nele com margarina e um pouco de molho inglês (pode ser o shoyu, não usei ele pq não tinha). Cortei o repolho em tiras fininhas, pus pra refogar numa assadeira com tampa e quando ele começou a ficar douradinho pus três espirradas de molho na assadeira. Deixei ele lá... torraaanndooo... fritaaandooo.. esqueci mermo ele lá.. mexia de vez em quando e desliguei quando os que estavam nas bordas estavam queimadinhos.

Depois disso tudo pronto fiquei na dúvida: arroz ou massa pra acompanhar? Como eu não sou muito fã de arroz branco e já tava sem saco de fazer um com legumes, fui no penne. =)
Pus pra cozinhar no time certo (7 minutos, em média, a maioria das massas que compro estão cozidas, é só ver na embalagem a orientação pra cozimento), peguei 3 dentes de alho, amassei-os e joguei na panela com um pouco de azeite. Pronto. joguei o penne lá, misturei bem pro alho abraçar ao máximo toda massa e priu. 
Penne ao alho e azeite e repolho refogado
Deu tão certo que quase não quis separar pra marmita da segunda-feira... hahaha
Deu pra fazer isso tudo em cerca de 1h30min, foi super rápido! ;)

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Tô de volta... é, de novo!





Voltei pela enésima vez! \o/
Vamo que vamo que tenho umas coisas legais pra registrar aqui... e vou compartilhar tudinho também nessa fanpage aqui. =)

domingo, 22 de junho de 2014

Suflê ganês {AventurasNaCozinha} #1

Vou iniciar com minhas aventuras mais recentes. Estava ontem em casa, em fim de feira e após o meio dia, procurando o que fazer para o almoço. A primeira ideia foi cozinhar um pouco de penne. Pensei: "Faço um molho, ponho um queijinho ralado, frito um repolho na margarina e pronto! Mas tinhas umas batatas inglesas e deu aquela ideia de fazer um tipo de lasanha (tinha um pacote aberto de massa semi pronta no armário), mas o que eu faria com o penne já cozido? Vejam no que deu:

Ingredientes:

  • Penne cozido (1 + 1/2 xícara)
  • Batata inglesa (6 unidades)
  • Queijo mussarela (400 g)
  • Azeite (à gosto)
  • Orégano (à gosto)
  • Pimenta do reino (à gosto)
  • Molho de tomate pronto (à gosto)
  • Cebola (2 unidades)
  • Leite (300 ml)
  • Margarina (2 colheres sopa)
  • Amido de milho (3 colheres chá)
  • Sal (à gosto)
Prontis! Agora vamos pro preparo:

Já tinha cozido o penne. Tento sempre cozinhar massas exatamente no tempo de cozimento que a embalagem informa, não gosto de massa tipo papa. =P
Pus as batatas pra cozinhar na água mesmo, sem sal (evito - na maioria das vezes - por sal na comida, acho que tira o sabor do alimento, ponho o mínimo possível), e com a casca, fatiadas em rodelas grossas, pois tava com a intenção de partir novamente uma rodela quando ela estivesse cozida.
Enquanto a batata cozinhava, Bubu (meu super marido) foi comprar 400g de queijo mussarela e fui logo fazendo o molho branco. Pra fazê-lo fiz o seguinte: triturei duas cebolas num mixer mara que ganhei da minha sogra e pus pra refogar com a margarina. Enquanto isso, misturei o amido de milho com o leite e quando a cebola começou a dourar pus o leite misturado com o amido de milho, um pouco de sal, e fiquei mexendo esperando engrossar. Quando engrossou e cozinhou (entendo que começa a cozinhar quando ele borbulha, deixo ele borbulhar bem muito, deixando ele ficar num ponto grossinho... não pode deixar ficar como papa, ok?) reservei.
Com as batatas cozidas fiz o seguinte: tirei a casca delicadamente e cortei novamente as rodelas para que ficassem mais finas, assim pude espalhar melhor as batatas na montagem do prato. Descasquei e cortei todas direitinho e reservei.
Com tudo cozinhado comecei a montar o prato numa travessa de vidro. A ordem das camadas foi aleatória e não eram "encharcadas" de ingredientes não, nem mesmo os molhos... comecei com um pouco de azeite (pouco mesmo) e fui espalhando uns pennes cozidos em cima dele. Depois pus uma camada de batatas e em cima delas com um pouco de pimenta do reino e orégano e em seguida o molho branco. Depois veio o queijo mussarela (cortei as fatias retangulares em tiras grossas, cada fatia dava cerca de 5 ou 6 tiras de queijo, pq tenho a impressão que facilita na hora de servir) e uma camada de molho de tomate pronto (usei um sabor pizza). Depois pus mais uma camada de pene, queijo, depois de molho branco e depois de batatas novamente (com as batatas que cortei consegui fazer somente essas duas camadas). Por fim, em cima da batata pus uma camada de queijo, molho branco e fiz uma gracinha com o molho de tomate e orégano. Olhem só como ele ficou montado, ainda cru:


Assim gente, no geral, sempre que faço esse tipo de prato (tipo lasanha) vou pondo as camadas pensando o seguinte: "não posso por mais de duas camadas sólidas seguidas, entre elas tem que vir um molho". E assim vou montando...
Depois de tudo isso pus no forno, pré-aquecido por uns 10 minutinhos, e deixei gratinando por uns 20 minutos. Olhem como ficou:


Prontis! Servimos com uma batata palha e uma coquinha.. ;)


Ficou uma delícia! 

P.s.: Não liguem pra os nomes dos pratos que são todos inventados e sem critério nenhum. E preciso ser menos prolixa pra explicar o modo de preparo? =P

{Aventuras na cozinha} #0

Faz mais de mês que falei que ia voltar e pareceu enrolação, né? Não era! Volteeeeiiiiiii! E pra compartilhar com vocês umas receitinhas loucas e preguiçosas que tenho feito ultimamente em casa... Vocês podem acompanhar todas as receitas pela tag #AventurasNaCozinha. Espero que alguma sirva, pelo menos de inspiração, pra vocês... =)


sexta-feira, 9 de maio de 2014

Voltaaaandooo!

E as postagens aqui serão anuais, é? Hummm... Bem... Espero que não, na vdd. No último ano houve muitas mudanças na minha doce vida e uma delas é que deixei de comer carne vermelha e frango, cheguei a ficar uns 6 meses sem comer nenhum tipo de carne, mas me deu saudade de comer um sushizinho.. Não resisti! =P

Estou em férias agora em maio, e tô adorando ir pra cozinha fazer umas comidinhas diferentes, aproveitando o fim de feira do mês passado, com ingredientes que (quase) todo mundo tem em casa. Faço os pratos, tiro fotos e posto no Instagram com a hashtag #AventurasNaCozinha... só pra deixar ozamigooo babando de vontade de comer. Algumas dão certo, outras não, mas o que vale é se divertir.. experimentar! =)
Então... o que me motivou a voltar pra cá foi compartilhar essas receitas, pois sempre tem algum amigo que pede. Olhem o que já saiu... ;)


Vou me empenhar pra dá uma reformada no blog tb e compartilhar mais coisas com vcs, tanto por aqui quanto via facebook e instagram. Aguardem que podem vir coisas boas por aqui... bjo!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails